Home » Conteúdo » Análise On Chain do Bitcoin – Relatório Semanal – 02/08/2022

Análise On Chain do Bitcoin – Relatório Semanal – 02/08/2022

Na última semana tivemos uma boa recuperação do mercado cripto, FED atuou da forma que já era esperada e não trouxe surpresa para os mercados. Investidores viram com bons olhos e isso refletiu em boas altas tanto no mercado tradicional quanto no universo cripto.

No calendário econômico desta semana o drive será em torno do mercado de trabalho americano, pedidos de seguro-desemprego e relatório de empregos criados estão no foco. Sabemos que o FED está aumentando as taxas de juros, mas isso ainda não trouxe impacto direto no mercado de trabalho, estaremos de olho para possível volatilidade nos mercados até o final da semana.

Observando o gráfico semanal do Bitcoin, vimos que a região dos US$ 17.500 foi bem defendida por muito interesse comprador, entendemos que um teste do fundo marcado em junho é necessário para sabermos se os compradores realmente estão dispostos a forçar uma reversão da tendência de baixa ou se foi apenas um movimento de rally de alívio. Continuamos atentos com as mesmas regiões de preço marcadas em verde mostrando suporte e a faixa em vermelho, resistência.

Vimos altas fortes em diversas altcoins mas a segunda maior moeda em capitalização de mercado deu um show à parte, Ethereum chegou a subir 40% em relação ao Bitcoin e contra o dólar a alta foi de 100% se levarmos em consideração o fundo marcado em junho. O ecossistema da rede Ethereum também subiu forte com destaque para Matic e para Metis, dois criptoativos que já citamos em nossas análises.

Para nós, a atualização 2.0 do Ethereum já começa a mostrar sinais de força, vale a pena acompanhar mais de perto alguns projetos que visam trazer escalabilidade para a rede, as chamadas segundas camadas devem se destacar.

Bitcoin: Hash Ribbon

Como mencionamos nas análises anteriores, seguimos em capitulação dos mineradores, se o ciclo se repetir como foi no passado, essa é a última fase do mercado de baixa. No Bitcoin, quando os mineradores menos preparados iniciam a capitulação, estamos próximos de encontrar fundos majoritários para uma acumulação por parte de diversos players do mercado.

No gráfico abaixo ainda vemos a média mais curta abaixo da mais longa, isso quer dizer que muitos mineradores desligaram suas máquinas por não valer a pena minerar Bitcoin neste momento, o preço do custo de produção segue mais alto que a cotação atual.

Forçadamente esses mineradores são obrigados a vender suas reservas de Bitcoin para manter suas empresas funcionando durante esse período, quando a média curta (verde) cruzar para cima da longa (azul), essa capitulação terá terminado e o excesso de oferta que temos agora se esgotará.

Bitcoin: MVRV Z-Score

Um dos principais indicadores para identificar regiões de subvalorização do Bitcoin é o MVRV (Market Value to Realized Value). Fornece a relação entre o valor de mercado do Bitcoin e seu valor realizado, para calcular é necessário subtrair o market cap em dólar pelo realized cap e depois dividir pelo desvio padrão do market cap.

Esse indicador mostra regiões interessantes de sobre venda (verde) e de sobre compra (vermelho), nas últimas semanas revisitamos a região vista pela última vez durante o crash em março de 2020. O que pode indicar que encontramos um fundo relevante ou estamos muito perto de encontrar.

Conclusão

Dentro do Bear Market podemos ver altas expressivas, é importante ter em mente que a maioria das vezes serão rallys para retomar as quedas, ter uma gestão ativa de realização de lucros pode aumentar sua posição de hold visando o longo prazo.

Para quem deseja apenas acumular bons ativos visando o longo prazo, deve procurar a exposição ao longo do tempo, não sabemos quanto tempo deve durar esse bear market, o que sabemos é que faz sentido acumular visando o longo prazo. Ativos bem fundamentados seguem descontados, Bitcoin chegou a cair cerca de 75% e Ethereum 81% do topo. Focar no longo prazo traz bons retornos independe da estratégia que o investidor seguir.

Altcoins

Para que as aplicações descentralizadas recebam informações do mundo real e levem para dentro do ambiente virtual, são necessários oráculos descentralizados e um que gostamos muito se chama Band Protocol.

A função do protocolo é integrar as informações offline com as blockchains fornecendo dados confiáveis, eliminando um possível intermediário portador dessas informações. Band oferece integração de contrato inteligente de forma simples, permitindo que desenvolvedores comecem a usar apenas com algumas linhas de código. Foi projetado para ser mais rápido e eficiente do que os outros oráculos existentes além de ser compatível com a maioria das blockchains e contratos inteligentes existentes.

O projeto que domina este setor é a Chainlink, porém já tem bilhões em capitalização de mercado, enquanto Band Protocol tem menos de US$ 60 milhões, o que traz muita assimetria pensando como investimento. Já é possível investir em Band Protocol através do GAT, acesse aqui para mais informações.

    Fique Atualizado

    Para entrar na lista de transmissão exclusiva, acessar as oportunidades de investimento e acompanhar dia a dia a transformação do mercado cripto basta enviar um whatsapp para +5511913758000 com a palavra ENTRAR!

    UNIERA CRYPTO VENTURES LTDA - CNPJ 42.131.910/0001-53
    Rua Engenheiro Edgar Egidio de Souza 510 - Pacaembú, São Paulo - SP 01233-020