Home » Conteúdo » Análise On Chain do Bitcoin – Relatório Semanal – 10/05/2022

Análise On Chain do Bitcoin – Relatório Semanal – 10/05/2022

Os últimos dias não têm sido fáceis para os investidores, diversos setores da economia deram sinais de fraqueza e com o excesso de alavancagem que estávamos vivendo nos últimos dois anos, acabamos entrando em um período de sell-off nos mercados de risco. A conta pelos estímulos monetários que os bancos centrais ofereceram ao longo dos últimos anos, parece ter chegado. 

Na última semana a FIFA publicou um comunicado falando a respeito da parceria que fez com a Algorand, afirmando que seria a plataforma blockchain oficial da organização. A parceria fará com que a Algorand ajude a FIFA no desenvolvimento de sua estratégia de ativos digitais, enquanto a FIFA fornecerá ativos de patrocínio, que inclui publicidade, exposição na mídia e oportunidades promocionais.

Analisando o gráfico semanal do Bitcoin, vemos que chegamos a sétima semana seguida de baixa nos preços. Chegamos em uma região onde tivemos interesse comprador ao longo da história, se considerarmos que estamos em uma grande região de lateralidade, estamos no fundo e é onde deve aparecer interesse comprador.

Vimos nas últimas semanas que holders que possuem carteiras com mais de 1000 bitcoins seguem acumulando, é importante entender a dinâmica de atuação desses players. Eles não tentam descobrir fundos, quando o preço atinge um patamar que eles julgam interessantes, iniciam as compras fracionadas pois acreditam na valorização do ativo no longo prazo. 

Além do movimento dos holders de longo prazo que devemos acompanhar, no curto prazo é necessário entender o comportamento do holder de curto prazo. No indicador abaixo, vemos que o preço médio desses players segue acima do range negociado atualmente, o que pode indicar que temos uma resistência importante a ser vencida. 

O preço médio do STH acaba servindo de resistência quando está acima do preço pois esses holders estão em prejuízo e quando têm a oportunidade de sair no zero a zero, eles não hesitam e vendem suas posições, isso traz uma força vendedora para o Bitcoin. 

Para voltarmos a ter movimentos de alta interessantes no curto prazo, é necessário vencermos alguns obstáculos e esse preço médio dos STH é um deles. Atualmente a região de interesse gira em torno dos US$ 46.000, caso o preço do Bitcoin supere este patamar, podemos ter movimentos de alta mais claros.

Outro fundamento importante do Bitcoin é o número de endereços ativos, seguimos com números estáveis em comparação ao movimento do preço. Desde o topo marcado em novembro do ano passado, não tivemos quedas significantes no número de endereços, isso mostra que a adoção segue forte e mesmo com a queda dos preços, os fundamentos não foram afetados.

Conclusão: 

Estamos passando por tempos difíceis nos mercados de risco, muitos investidores estão procurando ativos mais seguros, já que o banco central americano está subindo a taxa de juros, tem as questões que ainda pairam no ar a respeito da pandemia, entre outros fatores que seguem trazendo incertezas para o mercado. É importante saber que os fundamentos seguem sólidos e as quedas podem trazer oportunidades visando o longo prazo. 

Altcoins

Semanalmente trazemos novidades de altcoins de baixa capitalização, nesta semana o projeto escolhido foi a Ethernity Chain. Trata-se de uma plataforma para NFTs validados na rede Ethereum ou Polygon, a Ethernity Chain explora o mundo da arte digital por meio de tokens não fungíveis e promove algumas questões sociais leiloando NFTs para ajudar instituições de caridade. 

Ethernity Chain é um projeto NFT muito inovador e focado em filantropia, também tem parte de seu projeto voltado para DeFi trazendo um utilitário híbrido para o mercado cripto. A plataforma visa atrair personalidades da indústria dos jogos, música e esportes. A ideia é que ao lançar seus NFTs os artistas se comprometam a doar uma parte da receita das vendas dos NFTs para uma instituição de caridade. 

Atualmente a capitalização de mercado de Ethernity Chain está na casa dos US$ 39 milhões após as recentes quedas do mercado cripto, vale lembrar que o token nativo leva o nome de ERN e sua emissão máxima será de 30 milhões de tokens, o que é um número baixo, se compararmos com outros projetos.

    Fique Atualizado

    Para entrar na lista de transmissão exclusiva, acessar as oportunidades de investimento e acompanhar dia a dia a transformação do mercado cripto basta enviar um whatsapp para +5511913758000 com a palavra ENTRAR!

    UNIERA CRYPTO VENTURES LTDA - CNPJ 42.131.910/0001-53
    Rua Engenheiro Edgar Egidio de Souza 510 - Pacaembú, São Paulo - SP 01233-020