Home » Conteúdo » Mercados emergentes como Nigéria e Quênia lideraram o crescimento global de criptomoedas de 880% em 2021

Mercados emergentes como Nigéria e Quênia lideraram o crescimento global de criptomoedas de 880% em 2021

Os dados sobre a adoção global de criptomoedas revelam um interesse crescente de residentes de países emergentes, pois estão dispostos a entrar no mercado.

Em um esforço para medir a adoção de criptomoedas de base em meio ao crescimento maciço visto no mercado de criptomoedas ao longo do ano devido à tração das indústrias, o relatório recém-publicado da empresa de pesquisa em cadeia Chainalysis revelou um aumento de mais de 880% na adoção global majoritariamente impulsionado por plataformas ponto a ponto.

O referido índice fornece uma medida objetiva dos países com a maior adoção de criptomoedas, classificando seus volumes de transações, examinando seus casos de uso e transações relacionadas, em vez de depender de comércio e especulação.

Para determinar sua classificação geral, cerca de 154 países foram classificados na escala de 0 a 1 no Índice de criptomoedas de Adoção Global usando três métricas.

A negociação P2P aumentou a adoção de criptomoedas.

Os dados sobre a adoção global de criptomoedas revelam um interesse crescente de residentes de países que desejam entrar no mercado. A partir dos dados, a adoção global total no fechamento do segundo trimestre de 2020 era de 2,5. Enquanto o mesmo trimestre em 2021 foi quase 10 vezes o anterior, com 24. Pegando-o em 881% em um ano e 2.300% entre 2019 e agora.

A pesquisa sugere que vários motivos podem ter tornado necessário esse crescimento nos países, como preservar as economias da desvalorização da moeda, transferir e receber remessas e outras transações comerciais. No entanto, também atribuiu o crescimento na América do Norte, Europa Ocidental e Ásia Oriental no último ano a investimentos institucionais.

Curiosamente, as opções peer-to-peer foram creditadas pelo aumento na adoção de criptomoedas em mercados emergentes, como Quênia, Nigéria, Vietnã e Venezuela, com alta classificação no índice. Seus volumes de transações em plataformas ponto a ponto (P2P) são enormes, causados ​​pela inacessibilidade de trocas centralizadas. Os mercados emergentes estabeleceram esse recorde, apesar de questões como a desvalorização da moeda que enfrentam e os limites de gastos.

No entanto, em termos de tráfego da web para plataformas P2P, a Ásia Central e Meridional, a América Latina e a África lideram.

Infelizmente, países ricos como os EUA e a China, que devem ficar na frente, caíram ainda mais. A China passou da quarta posição anterior para a 13ª, enquanto os EUA passaram da 6ª para a 8ª posição. Responsável por isso é a queda em seu volume de comércio P2P ponderado para a população de usuários da Internet.

    Fique Atualizado

    Para entrar na lista de transmissão exclusiva, acessar as oportunidades de investimento e acompanhar dia a dia a transformação do mercado cripto basta enviar um whatsapp para +5511913758000 com a palavra ENTRAR!

    UNIERA CRYPTO VENTURES LTDA - CNPJ 42.131.910/0001-53
    Rua Engenheiro Edgar Egidio de Souza 510 - Pacaembú, São Paulo - SP 01233-020