Home » Conteúdo » Prefeito do Rio de Janeiro investirá 1% do tesouro da cidade em Bitcoin

Prefeito do Rio de Janeiro investirá 1% do tesouro da cidade em Bitcoin

Eduardo Paes – o prefeito do Rio de Janeiro – pretende alocar 1% do Tesouro da cidade em bitcoin. Se ele continuar, a megapolis se tornará a primeira cidade brasileira a comprar a principal criptomoeda como reserva de valor.

Rio vai embarcar na onda do BTC

O prefeito Eduardo Paes apresentou seus planos na Rio Innovation Week enquanto discutia o assunto em uma palestra com o prefeito de Miami amante de bitcoin – Francis Suarez.

“Vamos lançar o Crypto Rio e investir 1% do Tesouro em bitcoin”, disse Paes.

O membro de 52 anos do Partido Social Democrata do Brasil elogiou os esforços de Suarez para transformar Miami em um centro de criptomoedas. Este último disse anteriormente que está aberto a explorar a ideia de colocar 1% das reservas do Tesouro de sua cidade em bitcoin.

Enquanto Miami se posicionou como o centro de criptomoedas dos EUA, o Rio pretende se tornar o hub sul-americano para a indústria de ativos digitais, Paes afirmou:

“O Rio de Janeiro tem tudo para se tornar a capital tecnológica da América do Sul. Eventos como o Rio Innovation Week vêm para fortalecer a imagem da cidade como o lugar perfeito para trabalhar, viver e inovar.”

A possível adoção do bitcoin é considerada um grande passo para o desenvolvimento da criptomoeda primária, já que o Rio de Janeiro é o coração financeiro do Brasil. Sua economia também é uma das maiores da região da América Latina e uma das que mais crescem no mundo.

Em linha com o investimento em bitcoin, o prefeito Paes busca oferecer um desconto de 10% nos impostos quando pagos no principal ativo digital. No ano passado, o líder de Miami demonstrou intenções semelhantes, dizendo que permitiria que os moradores pagassem impostos em BTC em vez de dólares americanos.

Funcionários do governo no Brasil receberão salários em BTC
Eduardo Paes não é o primeiro político brasileiro a expressar simpatia pela principal criptomoeda. Em novembro de 2021, o deputado federal Luiz Goularte Alves propôs um projeto de lei para permitir que trabalhadores do setor público e privado fossem pagos em bitcoin.

“Esta Lei estabelece que parte da remuneração do trabalhador pode, opcionalmente, ser feita por meio de criptomoedas”, diziam as primeiras linhas da proposta.

De acordo com o projeto, os funcionários poderiam escolher qual porcentagem exata de seus salários eles querem em criptomoedas e em moedas fiduciárias. O empregador deve, respectivamente, concordar com a moção proposta.

Texto traduzido de https://cryptopotato.com/

    Fique Atualizado

    Para entrar na lista de transmissão exclusiva, acessar as oportunidades de investimento e acompanhar dia a dia a transformação do mercado cripto basta enviar um whatsapp para +5511913758000 com a palavra ENTRAR!

    UNIERA CRYPTO VENTURES LTDA - CNPJ 42.131.910/0001-53
    Rua Engenheiro Edgar Egidio de Souza 510 - Pacaembú, São Paulo - SP 01233-020